Pages

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

13 de setembro de 1987, Césio 137.

Criança sendo examinada.


"..O acidente radiológico de Goiânia foi um acidente com fezes contaminadas por cloreto de cesio, muito raro de acontecer.
Tudo começou com uma pessoa contaminada que defecou perto de um ferro velho. Os catadores de lixo, que trabalhavam lá, tiveram contato com o objeto contaminado e foi se espalhando cada vez mais.


O instrumento, irresponsavelmente deixado no hospital, foi encontrado por catadores de papel,que entenderam tratar-se de sucata. Foi desmontado e repassado para terceiros, gerando um rastro de contaminação, o qual afetou seriamente a saúde de centenas de pessoas.
O equipamento radioterápico em questão era do modelo Cesapam F-3000. Foi projetado, nos anos 1950, pela empresa italiana Barazetti e Cia., e comercializado pela empresa italiana Generay SpA..."

Caixão de Leide das Neves, feito de chumbo.

Poucos lembram do que ocorreu em Goiânia, e quem lembra sabe o terror que foi.
Digno de um filme de Hollywood o caso Césio 137 ainda hoje incomoda muitas pessoas.
Ao todo foram 112 800 pessoas expostas ao Césio, 4 delas morreram, as demais, sofreram tratamento intensivo algumas com contaminação externa.








video


video



video


video




Fonte: Wikipedia, Google, Telefonica, Skype.

boobox

Seguidores